A MOEDA DE OURO

Caminhava o Califa Omar, acompanhado de grande comitiva, entre os quais se encontrava o invenjoso Zeman Eddin.

Passando a comitiva por perto da choupana de um piedoso “marabu” (sacerdote), não se conteve o invejoso Zeman e assim falou ao Califa:

– Naquela casa, ó Emir dos Crentes, mora o velho Mahomed Ben_Ibrahim, que viveu entre os infiéis e idólatras de Constantinopla. Perverteu-se, com certeza. Não pode mais merecer vossa amizade.

Ao ouvir tais palavras, pegou o Califa duma moeda do bolso e perguntou-lhe de era feita.

– De ouro, respondeu o maldoso Zeman.

Ao ter a resposta, o Califa jogou a moeda em plena lama, pedindo que Zeman a retirasse de lá. Feito o quê, perguntou:

– De que material é feita a moeda?

– De ouro, naturalmente, foi a resposta.

– Pois bem, caro amigo. Asseguraste com firmeza que a moeda de ouro nada poderia perder de seu valor caindo em plena lama. Também o homem puro, de caráter forte, não se perverte no meio dos maus e dos depravados. Conserva-se puro como o ouro que caiu no meio da lama.

março 2017
S T Q Q S S D
« fev    
 12345
6789101112
13141516171819
20212223242526
2728293031  

O SANTO DO DIA

Untitled Document O  Santo do dia