Arquivo do mês: novembro 2014

Há vários tipos de lideranças quando pesquisamos na literatura. Entre eles podemos citar a liderança transformacional (onde o líder assume o liderado como um aprendiz de líder, o relacionamento é individual), a transacional (onde há troca entre líder e liderado), a carismática (é aquele que promove revoluções, renova paradigmas, evoca sonhos, conduz seus seguidores a transcender interesses pessoais, a darem o sangue pela causa, pela missão.  É uma liderança também transformadora com forte conteúdo moral da missão), a servidora (o líder é um servo, primus inter pares), a visionária (é a habilidade para criar e articular uma visão do futuro, realista), a liberal (é aquela que permite os liderados a executarem projetos. Essa exige um alto grau de amadurecimento pessoal e da equipe), a autocrática , a paternalista e outras.

Um ponto importante é a diferenciação que a maioria dos autores fazem entre o líder e o chefe. O 1º está  relacionado diretamente à pessoa e o 2º mais a tarefa a ser executada. Isto não significa que o líder considera a tarefa algo irrelevante ou não importante  no contexto de líder, liderados e organização.

Algumas características são imprescindíveis na liderança, como o respeito, a disciplina, o compromisso o exemplo. O líder já nasce pronto ou é despertado;  não se faz um líder. Ele não precisa ocupar cargo na empresa ou em qualquer tipo de organização ou ser designado para alguma atividade para exercer sua liderança.

Acredito que o tipo de liderança mais atraente para cada um, está muito relacionado à sua personalidade, à sua formação e experiência humana, moral, religiosa, familiar e acadêmica. Por isso, escolho para tecer algumas considerações a LIDERANÇA SERVIDORA.

Santo Agostinho (século) escreveu que “as palavras comovem, mas exemplos arrastam”. Nesse sentido temos grandes lideres como Jesus Cristo,  grandes santos (São Fransisco, Santa Clara, São Bento …), e outros como Gandi, Martin Luter King, Madre Teresa de Calcutá. Até hoje ainda arrastam multidões pela sua convicção, fé, coerência e transparência. Praticavam o que pregavam. Não se consideravam nem maiores e nem menores que os demais, mas ‘primus inter pares’, o primeiro entre os iguais. Os evangelhos nos dão dicas desse tipo de liderança quando Jesus diz “o discípulo não está acima do mestre nem o empregado acima do patrão” (Mt 10,24; Jo 13,16),  “ se eu, pois, Mestre e Senhor, vos lavei os pés, também vós deveis lavar-vos os pés uns dos outros. Dei-vos o exemplo para que, como vos fiz, assim também façais vós” (Jo 13,14-15). Jesus sintetiza essa liderança na lei do amor ao próximo: “amarás o próximo como a ti mesmo” (Mt 22,39).

 O líder servidor, não impõe pela força e poder, mas pelo poder da persuasão, convencimento, credibilidade, coerência e capacidade de influenciar. Ele não apenas mostra o caminho e ou obriga os liderados a caminhar ou a atingir a meta, mas caminha junto, ao lado, motivando todos a caminhar. O mais importante não é chegar no fim do caminho, mas caminhar. Não é pedante, megalômano, paroleiro, egoísta, precipitado. É movido por um senso humanitário, solidário, racional, emocional e uma espiritualidade profunda que contagia os outros. O funcionário é visto e respeitado como pessoa, não é custo, despesa, mas investimento, patrimônio ativo. 

Pensa coletivamente em favor do grupo. Desenvolve laços de confiança, cooperação mútua igualdade. Mesmo quando ostenta títulos e cargos, ele não se utiliza da autoridade formal para ser respeitado. Ele desperta crenças e  talentos adormecidos.

O líder servidor tem uma característica infantil da inocência. Acredita em seus ideais, é otimista, autoconfiante, não exige perfeição, mas crescimento. É altruísta e luta por ideais  em defesa da dignidade humana e da ética. É um mediador de conflitos. Os problemas e conflitos são degraus para o crescimento e aprendizagem.  É um eterno aprendiz.

 

Bibliografia:

http://umtoquedemotivacao.wordpress.com/2008/02/08/lideranca-servidora/

http://www.webartigos.com/articles/17318/1/Tipos-de-Lideranca/pagina1.html

http://pt.wikipedia.org/wiki/Lideran%C3%A7a

http://www.hermeneutica.com/estudos/discipulo.html

 

José Luiz Cruz Duarte

(Trabalho apresentado no MBA Arquitetura e Governança de Ti – 2010)

 

novembro 2014
S T Q Q S S D
« out   dez »
 12
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930

O SANTO DO DIA

Untitled Document O  Santo do dia